Empresa

COPENOR CIA PETROQUÍMICA DO NORDESTE iniciou   suas atividades produtivas   em 1979, tendo como meta principal substituir importações de alguns  derivados do   Metanol, que até então só chegavam ao  país através de importações.

 

Em junho de 1984, a COPENOR teve seu controle   total  acionário   adquirido   pela METANOR, que já possuía 77,28% das ações, do grupo   japonês ( Mitsubishi Gás Chemical, Marubeni Corporation e Marubeni  do Brasil ) que se detinha os 22,72% restantes. Com isto, a empresa tomou novo impulso, partindo para investimento na modernização de seus equipamentos, no aumento da capacidade de produção e na ampliação do leque de produtos oferecidos ao mercado situada junto à Metanor, sua principal fornecedora, a Copenor produz importantes matérias-primas, principalmente para industrias produtoras de tintas e vernizes, explosivos, baquelites, lonas e pastilhas de freios, embreagens, rebolos e produtos de borracha, como também para aplicações em fundição estabilizante de fungicidas e no tratamento de couros.

 


A atuação da COPENOR no setor, além de propiciar vantagens para as industrias nacionais, como pontualidade na entrega e qualidade dos produtos, representa para o país uma economia de divisas da ordem de 10 milhões anuais.


Em novembro de 1996 a companhia adquiriu a Empresa Resinpla Industria e Comércio Ltda, em fase de implantação para fabricação de formol em Sorocaba no Estado de São Paulo.


Esta empresa foi incorporada pela Copenor em 28 de fevereiro de 1997 e seu projeto foi ampliado para contemplar as unidades de fabricação de pentaeritritol, ácido fórmico e acetal, atualmente em operação.